sexta-feira, 8 de Maio de 2009

Diversidade Agrária Regional

Nome comum: Cebola

Nome Cientifico: Allium Cefa L.
Família: Liliaceas

Origem/ História:
Tem como provável origem a Ásia Central, tendo atingido, mais tarde, África e Europa. Foi trazida para a América pelos primeiros colonos. No Brasil foi plantada inicialmente no Rio Grande do Sul, sendo hoje cultivada desde o Nordeste até ao extremo Sul do país.

Características Botânicas
Classificação da Cebola:


A cebola é um vegetal, em forma de bolbo, sendo utilizado como condimento culinário.
Raiz:
São fasciculadas, e raramente alcançam mais de 15cm de profundidade.
Caule:
Está localizado abaixo da superfície do solo e é composto por um disco achatado (prato) situado na extremidade inferior do bolbo (junto da raiz).
Folhas:
Estas apresentam disposição alternada formando duas fileiras ao longo do caule nas quais as folhas se inserem, projectam-se acima da superfície do solo.
Fruto:
É a própria cebola, que quando tiver talos é enterrada deixando só os talos defora, a altura dos talos em geral varia de 0,5 a 1,5m, esta forma uma flor no cimo que é onde vai criar as sementes.
Exigências da Cultura
Clima:
A cebola é exigente em relação do dia. As temperaturas mais favoráveis variam dos 15°C aos 25°C. As chuvas na época da colheita são muito prejudiciais a essa cultura.
Solo:
O melhor é o de textura média, rico em matéria orgânica, que não seja argilosa, o que dificulta o crescimento dos bolbos.
Outros Aspectos:
Tratos Culturais - A rega, se necessário deve ser menor e mais frequente, de maneira que não haja falta nem excesso de humidade. Perto da colheita, a rega deve ser suspensa para que se processe a maturação de forma adequada.

Pragas e Doenças - A principal praga da cebola é o tripes, ou piolho. Em algumas regiões, a lagarta do milho também ataca a cebola, mas a mais prejudicial é o Mildio.
Curiosidade – Quando as folhas começam a secar, pisam-se, de maneira a ficarem todas tombadas para que o bolbo engrosse mais.
Colheita – Esta deve ser feita quando a cebola apresenta a rama amarelada. Normalmente é feita no final de Agosto. Depois de colhidas as plantas devem ficar no terreno para perderem o excesso de humidade.

Técnicas de Maior Interesse
Rotações:
A plantação deve-se variar ano para ano, não plantando no mesmo sítio do ano anterior.
Sementeira:
Faz-se em Janeiro, prepara-se a terra, espalham-se as sementes e tapam-se de seguida. Para nascer mais depressa, pode-se fazer uma pequena estufa, também para proteger das geadas.
Plantio:
Normalmente, é feito em Maio no tempo das plantações, com pequenos bolbos (cebolo) cultivados nas sementeiras.
Adubação:
Ou adição de matéria orgânica é feita antes do plantio.

Produção
Fins a que se destina a produção:
Destina-se ao mercado, para consumo culinário e medicinal tais como:
• Cancro
• Ulcera
• Infecções
• Doenças respiratórias em geral
• Diabetes
• Alergias, etc.

Receita Culinária

- Caldeirada de Peixe

Ingredientes:
• 3 Cebolas
• 800g de Batatas
• 4 Tomates
• 1 Pimento
• 1dl de Azeite
• 1,5kg de vários tipos de Peixe
• 1 Ramo de Salsa
• 1 Folha de Louro
• 2 Dentes de Alho
• Sal e pimenta a gosto

Preparação:
Corte as cebolas em rodelas e introduza-as no fundo de um tacho de barro. Descasque e corte as batatas também em rodelas. Disponha-as sobre as cebolas. Sobre as batatas coloque os tomates em rodelas e pimento verde em tiras. Tempere com sal e pimenta e regue com azeite, tape e leve a lume forte. Assim que levantar fervura, reduza para o mínimo e deixe cozer. Enquanto isso, lave em água corrente os vários tipos de peixe preparados para caldeirada. Quando as batatas estiverem quase cozidas, introduza os peixes no tacho. Junte ainda o ramo de salsa, a folha de louro, os dentes de alho picados e deixe cozer, agitando o tacho de vez em quando.


Resumindo e concluindo: O Alho e a Cebola são fundamentais para um bom tempero.



Trabalho Elaborado Por:
Rosália Job
Eufémia Alves

Sem comentários: